domingo, 11 de fevereiro de 2018

Sonhar com visco ou erva-de-passarinho. Significado



O que significa sonhar com visco ou Erva-de-passarinho.

Fábulas, crenças e lendas nórdicas se entrelaçam em torno desse arbusto, considerado pelos druidas, sacerdotes dos celtas, uma planta sagrada com poderes divinos, em virtude do fato de que ele se desenvolve, nunca tocando no chão. O visco, de fato, vive ligado às árvores e suas bagas são transportadas de um ramo para outro pelos pássaros que se alimentam. Somente as sementes que caem sobre os galhos brotam, não aquelas que caem no chão.

De acordo com as crenças celtas, esta planta, com suas propriedades medicinais bem conhecidas, remove a desgraça e a doença e é portadora de sorte, bem-estar, saúde e prosperidade.

Essa crença também foi absorvida pelas populações ocidentais que, durante o período de Natal, usam para suspender o ramo do visco nas portas das casas como propiciatório.

Outra tradição navideira que veio até nós é a do "beijo sob o visco". Segundo a lenda, os casais que se beijam sob este arbusto serão protegidos na esfera do amor e provavelmente serão casados. Este rito é atribuído à deusa Freya, protetora do amor e dos amantes. Na mitologia nórdica diz-se, de fato, que suas lágrimas de dor pela morte de seu filho morto por uma flecha feita com o visco transformado em bagas brancas do visco em si. O filho voltou à vida e este arbusto tornou-se o símbolo do amor que supera todos os obstáculos, até a morte.


Na verdade, essa tradição deriva do fato de que quando dois guerreiros druidas inimigos se encontraram sob uma planta de visco, considerados sagrados por eles, estabeleceram uma trégua e sancionaram esta aliança com um beijo.

No mundo dos sonhos, sua presença é muito rara, mas certamente um portador de positividade, bem-estar, alegria e saúde.

A peculiaridade deste arbusto semiparasita que prospera em outras árvores também pode indicar uma relação de dependência com outras pessoas ou com o parceiro.  

Além disso, graças ao caráter da sacralidade que as populações nórdicas atribuíram a ela e à cor dourada de suas folhas, pode ser considerado o símbolo do Eu e representar um guia que nos ajuda a discernir nossos potenciais que nos conduzem para a realização de nós mesmos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será exibido em alguns instantes.