segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Sonhar com Sinagoga. Significado

Sonho com Sinagoga. Significado


Sonhar com ver ou que você está em uma sinagoga representa a sua necessidade de nutrição espiritual e iluminação. É hora de explorar o seu lado espiritual. Alternativamente, o sonho sugere que você está procurando um lugar de refúgio e um lugar para manter as coisas que são caras para você.

Se você vir uma sinagoga destruída ou em mal estado isso significa que não é um bom momento para projetos de risco, é acima de tudo um momento de intensa reflexão espiritual. Se o sonhador vê uma sinagoga onde não se encontram pessoas isto significa uma sensação inconsciente que sua família está desunida, também pode implicar que algum evento pode causar ruptura interna na família.

O sonho com uma sinagoga representa desejos para expressar seus pontos de vista, o desejo de ter autocontrole e pretender viver em paz e desenvolver uma vida confortável e desapegada.

Vez após vez, este tipo de sonho pode ser uma indicação de ser bem sucedido em todos as áreas, independentemente comentários e ideias interessantes para o seu desempenho como um especialista ou profissional. Poderia ser um sinal de que é autoritário, não ouvir e ordens constantemente.


Um comentário:

  1. Sonhei que estava em um onibus e que eu estava indo para uma sinagoga 'não sou judeu' enquanto o coletivo prosseguia seu percurso eu olhava pela janela e via caos no lado externo, estava somente eu no mesmo, até que ele chegou a um terminal para apanhar os passageiros, eles se batiam e se empurravam com muita truculência, logo o coletivo encheu, ninguém se sentou no acento do meu lado, vi que tinha uma jovem senhora em pé e pedi para que se sentasse ali do meu lado para que ninguém a empurrasse ou a machucasse, e ela se sentou, logo puxou assunto me petguntando onde eu estava indo, lhe respondi, estou indo cultuar a YESHUA, mas não sei onde fica a sinagoga, voltei meu olhar para a janela e avistei um prédio bonito ao longe, ela me disse, ali está o que vc procura. Encostei minha cabeça no encosto do banco e fechei os olhos, logo como um translado já estava eu na sinagoga e dois varões judeus messianicos me receberam com boas vindas dizendo seja bem vindo, logo começará a reunião ao ETERNO. Estranhei como cheguei na sinagoga e perguntei a eles, e me disseram que cheguei de metrô pelo subterrâneo exclusivo do templo. E indaguei, como seria isso possível se eu estava no ônibus e não me recordo de ter descido e ido ao metrô?. Me responderam que eu deveria estar lá porque o ETERNO queria minha presença na sinagoga. Fui até a sacada que mais parecia um pier de concreto e olhei o exterior, logo vi que estava tudo um caos lá fora e me assobrei com um homem louco batendo nos carros com seu próprio carro, ele queria atropelar sua própria família, me virei e disse aos varões que eles deveriam avisar aos donos dos carros o que estava acontecendo, e me disseram que nafa poderia atrapalhar o culto a YESHUA e que o ETERNO cuida dos bens daquele que o serve e que tudo o que se perde é restituído. Me calei e entrei, quando fui subir as escadas elas simplesmente viraram uma espécie de parede de alpinista, tentei subir e cai e não consegui sibir, eles ficaram me olhando e pedi ajuda, e me disseram, a coisas que só vc pode fazer. E acordei.

    ResponderExcluir

Seu comentário será exibido em alguns instantes.